Bruno Fernandes

O Sporting deu espectáculo sob o comando de Bruno Fernandes. Jorge Jesus acertou em cheio nas mudanças que promoveu e pôs a sua equipa a jogar como há muito não se via. Hoje houve critério na decisão e ficou claro que o que faltava a esta equipa era eficácia, que consequentemente traz confiança. Soubemos explorar o jogo entre linhas e a eficácia vejo finalmente ao de cima. Mais uma vez houve segurança no setor defensivo e a presença de Bruno Fernandes proporcionou jogo interior aos leões e adicionou dois golos fantásticos à sua prestação.

Bruno Fernandes pode ser uma peça chave deste Sporting. Quer jogue na posição 8, ou fazendo de falso segundo avançado, a profundidade atacante da equipa é totalmente diferente e como pisa terrenos distintos ao longo do jogo, provoca desequilíbrios. O seu pontapé de longe é forte e muito preciso, como pudemos ver hoje e a experiência adquirida no campeonato italiano nota-se no estilo de jogo do português.

Para além de Bruno Fernandes, os destaques mais relevantes vão para:

– Battaglia: grande jogo do argentino. Possante, mostra-se um conhecedor do jogo e o passe para o cruzamento de Coentrão para o terceiro golo foi delicioso. Fez esquecer William.

– Adrien: hoje, vimos um Adrien diferente. Tranquilo na troca de bola, deu dinâmica ao ataque e foi premiado com um golo. Boa exibição do Capitão.

– Bas Dost: voltou aos golos e às grandes prestações. Sentido posicional muito apurado e foi mais uma vez finalizador. Precisamos deste Dost na Roménia.

– Iuri Medeiros: boa entrada na partida, procurou o golo e deu um a marcar. Mostrou ser uma alternativa válida para a ala.

Conseguimos assim ultrapassar uma das deslocações mais complicadas da temporada com uma exibição clara, assertiva e com muita qualidade. Na quarta-feira, teremos mais um jogo cujo desfecho decidirá muito do que serão os objetivos do Sporting para esta temporada. Tendo ultrapassado o fantasma do golo, é importante que a equipa volte a entrar em campo com os objetivos bem claros na cabeça e a procurar o golo com critério.

Deixar uma resposta