Sou sincero, não consigo deixar de me rir de ínicio quando começo a ouvir esta entrevista de Jorge Jesus à Marca.

O Espanhol não é definitivamente um dos seus fortes, e chega a ser cómico. No entanto tentem ouvir para lá disso e com atenção.

Podemos não ter contratado um brilhante linguista. Mas que percebe de futebol, disso ninguém tenha dúvidas.

Mourinho é um brilhante treinador, e um bom linguista. Jorge Jesus é apenas um brilhante treinador.

Deixar uma resposta