O lateral esquerdo Jefferson lesionou-se, e deverá falhar as próximas três partidas. Sendo um dos titulares indiscutíveis é óbvio que será uma ausência sentida. Mas o plantel do Sporting foi reforçado para prevenir casos destes. Mais precisamente com a chegada de Marvin Zeegelaar. No entanto surgem duas perguntas, o que perderá o Sporting, e também o que poderá ganhar?

Perde desde logo um dos principais municiadores de Islam Slimani. O brasileiro é a par de João Mário quem mais assistências para golo fez para o matador Argelino. Perde também um dos marcadores de bolas paradas, se bem que a ausência será sentida principalmente nos cantos. Livres directos ainda não aconteceram com sucesso este ano.

Perde também um jogador que está plenamente integrado na manobra da equipa. Se bem que defensivamente não tem estado brilhante nos últimos jogos. Mas na saída em construção o nosso flanco esquerdo é sempre muito forte, muito por culpa de Jefferson. E claro, o seu entrosamento com Bryan Ruiz.

Quanto ao que ganha. Bem, gostava de dizer que defensivamente ganha no ponto que mais tem falhado a Jefferson, que é posicionalmente. Mas numa defesa como a de Jesus o entrosamento é fundamental, e não podemos dizer que Marvin já o tenha.

No entanto pode ser uma mais valia defensiva o Holandês. Primeiro pela estampa física. Com mais dez centímetros que o brasileiro, e até já um golo de cabeça apontado pela nossa camisola. Também parece ter um melhor tempo de entrada ao corte.

Sendo mais rápido que Jefferson também ajuda tanto defensiva, como ofensivamente. Cruza bem, não tanto como Jefferson, mas melhor que a maioria do plantel. Não tem é tanta capacidade de drible, e controlo de bola. No entanto é um jogador muito vertical, que se for lançado no espaço pode conseguir também boas soluções ofensivas.

Se fosse à um mês atrás estaria muito preocupado. Com Marvin, mesmo sem estar entrosado, estou confiante que será uma boa oportunidade. Mesmo considerando o brasileiro um jogador mais completo neste momento. E quem sabe, até poderá fazer bem a Jefferson…

PARTILHA

2 COMENTÁRIOS

  1. Não sei onde vão buscar a ideia que Marvin é mais rápido que o Jefferson ou que Jefferson não é rápido. Jefferson é dos atletas mais velozes no nosso plantel. É certo que vi pouco do Marvin, só quando jogou contra nós e agora na taça da liga é que vi mais tempo a jogar e, francamente, não me pareceu mais rápido, antes pelo contrário. Em termos de aceleração, Jefferson é claramente superior. Em termos de velocidade de ponta, não sei. Mas acho a aceleração mais importante que a velocidade de ponta. E vi muitas vezes Jefferson ganhar lances na defesa por aplicar a sua aceleração e assim ganhando em velocidade o opositor. Várias vezes nos safou. E algumas vezes corrigiu os seus próprios erros graças a isso.

    • Nunca achei o Jefferson lento. Concordo contigo quando falas na aceleração dele, que é realmente relevante.

      Um pouco como comparar Figo a Ronaldo. O Figo tinha aquele primeiro arranque que lhe permitia ganhar a frente de um lance, e consequentemente o espaço para um cruzamento mortífero. O Marvin nisto é mais Ronaldo. É mais perigoso lançado no espaço, onde o seu pique pode ser aplicado a fundo.

      Mas que Marvin é um jogador extremamente rápido, disso não duvides. Tal como Schelloto já agora.

Deixar uma resposta