video árbitro

Tenho tentando dizer vezes sem conta que temos de dar uma chance ao vídeo-árbitro. Mas que acima de tudo temos de fazer com que um critério uniforme seja mantido para todos os lances.

Acho que é importante tentar mesmo formar uma jurisprudência para tentar que em diferentes jogos o critério seja uniforme.

Mas depois temos lances como estes dois ocorridos na noite passada.

Dois Lances, dois julgamentos

Como querem que as pessoas acreditem nisto? Ainda por cima bem sabemos (como foi referido antes do jogo aqui) que este vídeo-árbitro assumidamente benfiquista, foi nomeado para 3 dos 5 jogos do Benfica esta temporada.

Isto não pode continuar assim. Senão acabam por estragar um bom sistema. Ou se calhar é sempre essa a sua intenção…

6 COMENTÁRIOS

  1. Amigos,
    Percebo a frustração. E por mais que me custe esta sequência de eventos, Não posso deixar de salientar o seguinte:
    Por instruções da FIFA, está definida a forma de actuação para o VAR. O VAR (pelo menos por enquanto) Vai actuar em caso de erro flagrante. ou seja, em casos onde a subjectividade ou o critério do árbitro é o que apenas está em jogo, o VAR abstem-se de intervir.
    Concretamente:
    – nestes 2 casos, o árbitro apitou num é não apitou no outro, os casos não contém um erro grave e flagrante do árbitro, logo o VAR não intervém. O árbitro pode é por iniciativa própria pedir ajuda ao VAR e ver os vídeos e mudar eventualmente de opinião.

    PS:
    O mesmo aconteceu nos casos do Sporting. No caso do penalti sobre o bas dost em Alvalade, o árbitro apitou logo o VAR analisou e não viu um erro gritante logo não disse nada.
    – o mesmo se aplica nos penalties não assinalados a favor e contra ao Sporting nos últimos jogos de empurrões na área. O VAR não vai ter tomates para, excepto em caso de erro flagrante actuar… Aqui está a grande polémica! (O que é um erro flagrante)
    Apostas?

    Um abraço,
    Saudações Leoninas

    • Errado meu amigo, o VAR está para ajudar o arbitro.
      Quando detecta algo tem de intervir. Aliás, isso já veio demonstrado nas gravacões já partilhadas.
      Quando existe algum erro o VAR tem de comunicar com o arbitro e avisar o que se passou realmente.
      Cabe sempre ao arbitro corrigir ou não. Em ambos os casos poderia ser considerado penalti, sendo que num deles foi claro (e não assinalado) e no outro pode ou não (sendo que existiu simulacão, mas depende do critério).
      Como estamos presentes a mesma pessoa sabemos que o critério não é igual, num caso não assinala sendo claro, e no outro assinalou sendo discutivel.

      Não vamos andar a falar em flagrantes, porque o VAR é para todos os erros com influencia no resultado.

  2. Quer queiramos quer não, é falta… Não vale a pena andarmos a falar e fazer figuras tristes é penalty claro, sofre o toque que desequilibra e cai obviamente não tenta ficar de pé.
    Andamos a falar e quando tivermos nós um lance igual ou parecido dizemos o quê????

Deixar uma resposta