A nossa não participação nas competições a época passada, e a péssima prestação no ano anterior, fez-nos cair no Pote 3 do sorteio da Liga dos Campeões. É sempre de esperar assim um grupo complicado, mas o que nos calhou em sorte poderia ser bem pior.

Chelsea

Como já tinha escrito no texto anterior sobre o tema, aqui, era um dos clubes que queria evitar. Apesar de termos uma tradição em bons resultados contra clubes ingleses José Mourinho coloca a sua equipa a praticar um futebol bem diferente.

Uma equipa que privilegia defender bem, e conceder poucos espaços, retira-nos a arma do contra ataque. Os ataques venenosos com elementos de grande qualidade do ataque podem resolver um jogo por si sós. Juntam a isto um meio campo muito pressionante e físico para se tentar impor ao nosso.

Ou seja, um tubarão. Vamos ter um grande ambiente para os receber, mas vão ser jogos dificílimos.

Shalke 04

O campeonato alemão é muito forte. Considero que hoje em dia tirando o inglês será mesmo o que tem melhores equipas, se retirar-mos os primeiros classificados. E o Shalke ficou em terceiro lugar na última época.

A magia de Draxler e o poder na área de Klaas-Jan Huntelaar são os pontos mais fortes. Mas todo o meio campo é muito acima da média.

No entanto, e ao contrário do Chelsea, irão ter uma postura de jogar o jogo pelo jogo, e tentar atacar. É aqui que a capacidade de sacrifício e de luta do Sporting pode vir ao de cima, e ganhar pelo menos um jogo e empatar o outro. Se o conseguirem fazer, a passagem será uma realidade.

Maribor

Será a equipa pequena do grupo. Apesar de não serem toscos o Maribor é uma equipa de outro patamar. Irão ser jogos difíceis, e defesas fechadas, onde teremos de tomar a iniciativa e marcar cedo. Se o fizermos, serão pontos fáceis.

Se perdermos pontos com eles, a Liga Europa é tudo o que podemos ambicionar.

Acredito que temos tudo para no mínimo conseguir a qualificação para a Liga Europa. E com um pouco de sorte passar até a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Mas as grandes noite estarão de regresso à Alvalade, e isso é certo!

Deixar uma resposta