Fernando Santos é o novo Seleccionador Nacional, e por agora Ilídio Vale o treinador da selecção nacional. Um pouco confuso mas uma necessidade visto Fernando Santos se encontrar suspeito por oito jogos. Isto por causa de um incidente no mundial ao serviço da selecção grega.

Claro que a FPF podia ter tomado uma decisão mais simples e contratar um seleccionador que pudesse fazer todo o seu trabalho normal. Mas Fernando Santos tem uma vantagem que acho que foi demasiado importante para a FPF. E esta vantagem é não gerar anti-corpos com nenhum dos três grandes.

Apesar de não ter tido resultados brilhantes em nenhuma das passagens pelos grandes fez sempre um trabalho honesto. E saiu mantendo boas relações com todas as casas por onde passou.

Acho-o competente, e até penso que pode vir a fazer um bom trabalho. Mas sinceramente parece-me mais um treinador para fazer o mínimo exigível do que para almejar um grande sucesso. Mas o mínimo exigível por agora é chegar a toda as fases finais, e acredito que pelo menos isso fará.

1 COMENTÁRIO

  1. Trata-se de mais uma calinada da FPF. “Não gerar anti-corpos com os 3 grandes” é só esperar pela 1ª convocatória e lá se vai por água abaixo esse predicado. FS é mais do mesmo em relação aos lobbies, é um treinador medroso e por último é um treinador que não se vai sentar no banco por 8 (OITO) jogos. O que necessitavamos era de um selecionador que não alinhasse em arranjinhos À La Mendes e não fizesse favores a convocar jogadores de equipas B’s e para isso só um estrangeiro tipo Bielsa (porque português não há nenhum com eles no sitio, nem o mourinho).

Deixar uma resposta