Conselhos de Fernando Santos a Renato Sanches

Fernando Santos choca o país, e resolve aconselhar o jovem benfiquista Renato Sanches a consumir de forma excessiva álcool, mas não só. Também o aconselha a escolher a não honrar contratos, tornar-se uma marioneta do estado. E nunca ser o melhor jogador do mundo. Isto entre aconselhar uma ida para a Major League Soccer ou para o Beira Mar. Isto tudo por forma acabar a vida a viver de caridade de um antigo empregador.

Declarações de Fernando Santos

Que pergunte ao Shéu o que Eusébio fez para ser o que foi e nunca deixar de sê-lo. Se ele perceber isso, e Shéu pode contar-lhe bem, vai ter tudo garantido e o futuro dele.

O que está Fernando Santos a aconselhar? Bem, se é imitar aquilo que Eusébio conseguiu, tornar-se o melhor do mundo não será, porque como vimos há uns tempos nunca esse título foi atribuído ao Luso-Moçambicano.

Mas há coisas que Eusébio ficou conhecido por ser. Uma marioneta do poder político em Portugal, que o usou e ao Benfica como forma de domesticar massas.

Um alcoólico comprovado. Um viciado em jogo que estoirou todo o dinheiro que foi conseguindo. Um jogador que acabou a jogar no União de Tomar e nos Estados Unidos. Enquanto revelava ser mau profissional e dizer aos quatro ventos que mesmo estando em campo contra o Benfica falharia de forma propositada até um penalty que tivesse à disposição.

Tudo isto e o que conseguiu? Uma reforma de caridade da sua antiga entidade patronal, em troca destes poderem usar para sempre a imagem dele como propriedade própria. E que agora vão reescrevendo a história com falsidades para melhorar a sua imagem.

Ah! E claro, uma Vodka Preta com o seu nome…

Se é tudo isto que Renato Sanches quer da vida. Que siga os conselhos de Fernando Santos. Mas eu dou-lhe outro, quem sabe mais inteligente e não ligado ao clube de Carnide. Que olhe a carreira de Figo e de Ronaldo, que foram ensinados e bem em Alvalade, foram os melhores do Mundo, e têm o futuro assegurado por muitos anos. Sem precisar de caridade.
PARTILHA

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta