Decorreu ontem o último jogo do estágio na Holanda. Depois de duas vitórias expressivas veio a primeira derrota da pré-temporada. Podia ter falado de cada um destes jogos individualmente, mas sendo apenas jogos de pré-temporada, e amigáveis, não o fiz ficando apenas agora um apanhado dos pontos positivos e negativos.

Pontos Negativos

  • Termos perdido um jogo. Seja que jogo for, perder um jogo para o Sporting é sempre mau. E é essa cultura que deve ser incutida.
  • A atitude mais relaxada dos jogadores. Sei que a Taça de Honra era um troféu oficial, mas mesmo assim gostaria de ter visto mais garra nestes jogos.
  • A falta de concorrência a Jefferson. Não se levou nenhum lateral esquerdo de raiz sem ser o brasileiro, e não vi nenhuma adaptação que me pareça de futuro.
  • André Geraldes. Para mim com estes jogos ganhou bilhete para se apresentar na B ou rodar por empréstimo. Muito abaixo do que pretendo para o Sporting deste ano.
  • O braço de Maurício. Um jogador profissional não pode meter a mão à bola daquela maneira. Nem num treino.
  • Ter ficado a ideia que nenhum dos reforços mostrar qualidade para ser titular nesta equipa para já. O que mais se aproxima é Rosell, mas William é dono do lugar.
  • Da falta de golos de Montero. Precisa de marcar um ou dois para começarem a chegar mais. Tem jogado bem, mas precisa disso para se alimentar.

Pontos Positivos

  • Rosell ter mostrado que está cá para lutar por um lugar no onze. Ter William à sua frente complica, mas foi até agora o melhor reforço.
  • A veia goleadora de Tanaka. Mesmo que não me pareça um titular para já tem faro de golo. Temos finalmente um suplente para o Montero. Sim porque Slimani é um jogador diferente, não um suplente directo.
  • As vitórias, e os golos, dos dois primeiros jogos. Ganhar e marcar muito é sempre bom. Mesmo contra equipas mais fracas pois é o que vamos encontrar na nossa liga.
  • Do posicionamento e movimentações de Slavchev. Apesar de mostrar estar em má forma física, tem mostrado excelentes detalhes a nível de posicionamento e entrosamento.
  • Da capacidade de pressão constante de Adrien. Tal como acabou a época passada. Sempre em grande ritmo e sempre a pressionar. O seu transporte de bola e passe também foram bons, mas a pressão nesta fase da época é impressionante. Melhor jogador do estágio.
  • André Martins parece muito mais dado ao jogo que o ano passado.  A sua colocação uns metros à frente no terreno de jogo, e mais liberdade, permitiram-lhe expressar uma criatividade que esteve ausente a época passada.
  • João Mário a mostrar que André Martins, por muito que esteja claramente a melhorar, vai ter de dar o litro para manter a titularidade. Pessoalmente nesta fase qualquer um dos dois a merece.
  • André Carrillo parece estar a encarrilar finalmente. Será que é desta que os constantes altos e baixos se vão fixar nos altos?

No geral foi um bom estágio e uma boa preparação para a época que aí vem. Mesmo sem reforços bomba parece que nos reforçamos bem e estamos no bom caminho.

2 COMENTÁRIOS

  1. Vou só fazer referência a um dos pontos negativos e o qual me deixa intrigado…trata-se do lado direito da defesa.

    Fala-se que MLopes tem um salário demasiado elevado para o curto orçamento, sendo sempre carta fora do baralho. Foi-se buscar Welder + Geraldes, gastou-se dinheiro em salários e passes…e pelos vistos nenhum parece ser o concorrente de Cedric (embora não tenha opinião formada sobre o mais recente reforço). E ao que parece Esgaio tb não deverá ser aposta…

    A minha dúvida é se não seria melhor evitar-se este corropio de entradas e saídas, tendo uma “solução” dentro de casa? Mlopes é experiente e sportinguista!

    • O problema do salário elevado do Miguel Lopes é real, e infelizmente condiciona toda a situação.

      Ainda temos no entanto o Riquinho que está a fazer um excelente euro de sub 19 e pode ser lançado.

Deixar uma resposta