Dizem-me constantemente que a formação do Sporting está em crise. Que é uma sombra do passado e que a do Benfica a supera grandemente.

Se não conhecesse a realidade do clube pensaria que iria ser enxovalhado ao olhar para as tabelas classificativas.

Mas acompanho a vida do clube e sei bem o que esperar.

Juniores

Esta é a tabela da primeira fase que acabou recentemente. Na fase de apuramento de Campeão ainda só existe um jogo disputado, e que ganhámos por 3-1 ao Braga.

Juvenis

É verdade que estamos empatados em pontos, mas daí a considerar crise…

Iniciados

Apenas um ponto de vantagem, apesar de ter uma vantagem de oito golos caso seja necessário o confronto directo.

Sei que somos um público exigente. Mas achar crise da formação estar apenas em primeiro em todos os campeonatos nacionais de formação, é um pouco exagerado…

1 COMENTÁRIO

  1. Tudo depende da fonte onde se bebe a agua.
    Disseram-me que n’aburla, a ex-bíblia dos pasquins desportivos, a classificação actual dos juniores, agora que já começou a fase final do Nacional, era este mimo :
    1º Belenenses 3 pts 1-0 em golos
    2º lampiões 3 pts 3-2 ”
    3º Sporting 3 pts 3-1 ” Ou seja, viraram a classificação ao contrário e, pelo menos uma semana, aburla vê-nos atrás deles.

    Mas quem realmente tudo fez para nos virar do avesso, foi o árbitro Carlos Cabral que, no derby anterior e ainda para o Apuramento Z.Sul (nós já campeões há umas 3 semanas), expulsou-nos 2 jogadores e o treinador, também.
    Mas agora teve azar: a nossa superioridade era tão evidente que, mesmo dando importante ajuda aos sarrafeiros de Braga, o melhor que conseguiu foi que não houvesse goleada.

    Esta arbitragem pode ser, receio bem, uma amostra do que nos espera. Que jogadores e treinador tenham a cabeça fria necessária para enfrentar jogos de bastidores.

Deixar uma resposta