Sporting Champions

Nesta noite de estreia do Sporting na fase de grupos da Liga dos Campeões muitas dúvidas surgem na cabeça dos Sportinguistas.

Escolher um onze nunca é fácil, e quando do outro lado está o campeão grego Olympiacos menos ainda. E este é até o adversário menos forte do grupo.

Ristovski entra no Onze?

Na defesa à excepção do lateral direito deve manter todas as unidades do último jogo. Sem Coentrão disponível Jonathan Silva será o titular. E claro, Mathieu e Coates ficarão à frente do inevitável Rui Patrício.

Já na direita as contas mudam. Piccini continua a ser um patinho feito mas tem cumprido a tarefa com clareza defensiva. E ofensivamente vai subindo uns pontos.

No entanto saiu na última partida lesionado, e tenho muita confiança em Ristovski, que penso ser melhor jogador que o italiano. No entanto é lançar um jogador numa partida de Liga dos Campeões.

Meio campo reforçado ou não?

Vamos partir do principio que William Carvalho e Bruno Fernandes serão titulares. Pensar noutra coisa só mesmo por questões fisicas.

Agora a dúvida será em jogar com um meio campo reforçado, subindo no terreno Bruno Fernandes e entrando Battaglia para oito, ou se se joga com uma dupla de avançados e fica o argentino no banco. Por mim reforçaria este sector no entanto.

As dúvidas do ataque

Estará Acuña capaz de aguentar este jogo? Tem corrido quilómetros, e viajado mais ainda, e não sei se a frescura física estará lá. E ele não se contém de qualquer forma. Entrar Bruno César ou Iuri Medeiros para uma das alas é algo que será possível. Claro que na outra ficará Gelson Martins.

No lugar de ponta de lança outra dúvida, esta que nunca surge em jogos nacionais. Será jogo para Bas Dost, ou o tipo de jogo mais aberto e intenso levará ao uso de Doumbia, mais móvel e rápido?

Eu iria por Bas Dost desta vez. Tem mostrado cada vez melhor jogo interior, e confio nele cada vez mais em construção. E ser letal dentro da área ajuda muito. Juntar os dois? Apenas no decorrer da partida se for preciso um pressing.

Mas é importante ganhar este jogo, até para facilitar as contas lá para a frente. E acima de tudo pontuar. No entanto o Sporting como disse e bem Jorge Jesus entra sempre para ganhar.

1 COMENTÁRIO

  1. Havendo a mais pequena dúvida sobre a condição física de Piccini, é de jogar Ristovski, evitando assim uma substituição forçada.
    No meio, WC, Bataglia e BF.
    Doumbia, com Gelson e Acunã (ou Bruno César), já que Iuri não seria o ajudante necessário para Johnathan.
    Depois, o que o jogo der.

Deixar uma resposta