Isto não pode continuar a passar em claro, e a hipocrisia terá de ter limites. Depois das acusações, bem documentadas, de apoio da direcção do Benfica a claques ilegais, o IPDJ foi forçado a mandar fechar o Estádio da Luz como medida punitiva.

Antes de começar a temporada foi levantada a punição, segundo o que quiseram dar a entender porque não haveria continuidade desses actos.

No entanto tudo aponta para que nunca tenham sequer abrandado esses apoios, fora a presença de tarjas com o naming das claques no estádio.

Agora a vergonha na cara deixou de existir, e numa clara acção provocatória dois jogadores do Benfica compareceram na festa de uma das suas claques não legalizadas.

Mas bem mais grave que isso é que além desse facto também um director do clube de Carnide compareceu nessa mesma festa, e ainda se deu ao desplante de elogiar e muito a claque não legalizada, por acções de claque da mesma.

No mínimo se houver decência terão de ser fechadas as portas por um período relevante de todos os recintos desportivos do clube vermelho.

Deixar uma resposta