Capas com Filtro

Correio da Manhã

O Everton quer Rui Patrício? Ok, é legitimo da parte deles. Tal como é legítimo acreditar que Rui Patrício não terá intenção de abandonar o Sporting por um clube da dimensão do Everton.

E claro, por 7 Milhões de Euros quanto muito podiam esperar um empréstimo de uma temporada. Não um dos capitães do Sporting, Campeão da Europa, e melhor guarda redes do Europeu 2016.

A Bola

Bruno de Carvalho fala sobre o interesse de muita gente nos Aurélios do Sporting. Normal tendo em conta o seu valor, que já se conhecia. Mas ainda mais normal agora que têm os holofotes sobre eles.

No entanto o discurso continua o mesmo. A estabilidade foi alcançada, e o Sporting não precisa de vender. Como tal só propostas irrecusáveis serão aceites. É isso que espero.

Record

Bruno de Carvalho desvaloriza os resultados da pré temporada. Tal como eu o faço. Avalio pormenores, evoluções, e o que vou vendo. Não os resultados em si.

Depois Everton interessado em William e Rui Patrício. Se eles quiserem, e o Everton tiver o dinheiro para pagar as respectivas cláusulas, será um negócio viável. Até lá, good riddance.

Mas a grande chamada de capa do Record sobre o Sporting segue para o puxão de orelhas de Jorge Jesus à equipa. Exigindo esforço e dedicação. Nada mais Sportinguista que isso. E sabemos que o nosso treinador leva à letra o nosso lema. Como tal esta exigência é natural.

O Jogo

Na mesma onda da notícia do Record temos Jorge Jesus a dar uma valente descasca no plantel. Merecida digamos. Mas isto é parte da sua função de treinador. E o porquê de pessoas com excelente percepção do futebol como José Peseiro falharem recorrentemente.

Faz parte das funções do treinador exigir aos jogadores o que é pedido deles. E tomar as atitudes quando não o cumprem.

Ainda uma nota para Daniel Podence que desde que passou a jogar ao meio anda encantado com a vida. E nós com ele. Tem mostrado muito valor, e quem sabe se não poderá ser uma das surpresas do campeonato.

Deixar uma resposta