O Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi punido com uma suspensão de 45 dias, mais multas. O seu crime? Delito de opinião.

Bruno de Carvalho exprimiu comentários sobre a arbitragem portuguesa no seu perfil de Facebook e a alguns órgãos de comunicação social. Pelos vistos a Liga Portuguesa de Futebol acha isso uma violação das suas normas e estatutos, e por isso resolveu puni-lo.

No entanto a única coisa que Bruno de Carvalho fez foi exprimir a sua opinião. Logo a infracção pela qual foi punido é um Delito de Opinião.

Ora segundo a Constituição da Republica Portuguesa ninguém pode ser punido por expressar livremente a sua opinião, e se alguém o for está a incorrer num crime. Deverá o Sporting apresentar recurso do castigo, e juntamente fazer queixa junto das autoridades? Não era mal pensado sinceramente.

Claro que logo virá quem diga que o que ele disse é mentira. Qualquer pessoa pode achar isso, se bem que no caso da arbitragem em Portugal duvido, e isso não figura qualquer delito de opinião. Mas se alguém sentir o seu bom nome afectado pelas declarações de Bruno de Carvalho, ou de qualquer outra pessoa, poderá sempre fazer queixa na justiça civil por difamação. Que eu saiba ninguém o fez contra Bruno de Carvalho.

E uma questão à liga: Eu também disse mal no meu Facebook de algumas arbitragens. Vão-me suspender? Ou por não estar federado os meus delitos de opinião ficam longe do vosso lápis azul?

Deixar uma resposta