Sporting Basel

Dois erros crassos sentenciaram a segunda derrota do Sporting Clube de Portugal no estágio na Suíça. O que foi construído por Bas Dost e Matheus Pereira foi destruído por Azbe Jug e André Geraldes.

Sinceramente, ter perdido este jogo só é negativo pela confiança, ou neste caso, pela falta dela. Já referi em textos anteriores e volto a frisar que é importante ir somando vitórias para aumentar a confiança dos jogadores e agendar jogos para dias seguidos (como foi nos jogos contra o Fenerbahce e Valência) não é uma boa ideia se quisermos aumentar a moral do plantel. Na minha opinião, não só o resultado é enganador, como é o menos importante, visto que para mim o foco principal está na prestação da equipa, que hoje, ao contrário do jogo frente ao Valência, foi positiva.

Prestações positivas:

Bruno Fernandes: está a soltar-se e a subir de rendimento, tem alguns pormenores a rectificar mas está a preencher eficazmente o lugar de Adrien.

Iuri Medeiros: excelente entrada de Iuri em campo. Veio ao de cima a sua capacidade de desequilíbrio e assistiu Matheus Pereira com um cruzamento perfeito. Merece ficar no plantel, é uma arma muito valiosa para ter no banco.

Alan Ruíz: visão de jogo mortífera e grande toque de bola. Criou oportunidades e abriu espaços, gostava de o ver a finalizar mais vezes, mas penso que se irá trabalhar nisso com o tempo.

Matheus Pereira: mais uma vez, entrou bem e chegou ao golo com um grande cabeceamento, tendo em conta que o jogo aéreo não é o forte dele. Causou perigo e tentou o golo em mais do que uma ocasião. Defendo o empréstimo de Matheus a uma equipa da Liga Portuguesa, pois para evoluir precisa de jogar regularmente, e com a chegada iminente de Acuna, acho difícil que isso aconteça.

Prestações negativas:

Azbe Jug: podia ter feito mais no penalty mas dou isso de barato. Não consigo compreender o lance que deu origem ao segundo golo do Basileia, esteve muito mal na fotografia. Não mostra qualidade suficiente para ficar no plantel.

André Geraldes: tem estado mal, mas hoje foi de longe a sua pior exibição. Um erro perfeitamente escusado que deu a vitória ao campeão suíço somado com vários momentos de falta de qualidade deixam o seu estatuto no plantel muito fragilizado. Não vejo qualidade nem condições para continuar no Sporting.

Battaglia: tem qualidade, mas não a tem demonstrado. Precipitado a construir jogo, ansioso na troca de bola e sem o fator desequilibrador que me fascinou na sua passagem pelo Chaves. Tem de mostrar mais.

Numa pequena nota, não compreendo a razão pela qual Ryan Gauld, Francisco Geraldes e Gelson Dala têm tido muito pouco tempo de jogo. A qualidade destes três é inegável e podem trazer vários novos fatores ao jogo leonino, sem oportunidades nunca saberemos se devem ficar ou não.

Dia 18 terminamos o estágio na Suíça com um encontro contra o Marselha, em que precisamos de vencer, pois necessitamos de confiança se queremos entrar fortes em 2017/18.

Deixar uma resposta