Todos os anos acontecem alterações e clarificações de regras do Futebol por parte da FIFA e UEFA. Este ano será feito a uma das mais problemáticas: a regra do fora de jogo.

Estas alterações e clarificação são bem vindas. Muitas delas são apenas pormenores que passam despercebidos até acontecer um lance complicado, e de repente ninguém se entende.

Fora de Jogo e Faltas

Existe uma falta, mas o jogador que a sofre está em fora de jogo. Segundo a nova forma de ver a regra acontece o seguinte. Caso tenha já usufruido da posição irregular, é fora de jogo. Senão é falta.

Ou seja, caso um jogador esteja na área, em posição de fora de jogo clara, e antes de tocar a bola for empurrado por um adversário, deverá ser marcada grande penalidade.

Caso o jogador jogue a bola primeiro, e depois sofra a falta, prevalece o fora de jogo que será então marcado.

Noutra nota também a regra dos cartões em grande penalidade foi retocada. Não deverá ser exibido amarelo ao defesa caso este tenha tentado jogar a bola.

5 COMENTÁRIOS

  1. Sem ironias, caso o jogador em fora de jogo toque primeiro na bola mas o adversário partir-lhe uma perna, continua a ser fora de jogo?

    • Sim, é marcado o fora de jogo e não a falta. Mas depois o árbitro pode considerar agressão e expulsar, ou amarelar o jogador.

      É a mesma coisa que um jogador sofrer um carrinho, e depois levanta-se e dá um pontapé no agressor inicial. A falta é a seu favor, mas vai para a rua.

  2. Desculpe Francisco, não foi para ofendê-lo e a sua pergunta é bem colocada e também era uma dúvida que tinha.
    Foi só para desanuviar um bocadinho da pressão do trabalho.
    SL

Deixar uma resposta