Porto Fruta

O Sporting Clube de Portugal irá honrar a festa da Taça de Portugal e irá a Oleiros jogar. Não só irá jogar como irá fazer uma acção digna do clube (podem ler aqui) que é.

Já o Porto, fazendo juz também ao seu passado pouco legal, irá tentar cumprir a sua história jogando um jogo que será em clara violação do Regulamento da Taça de Portugal.

O Regulamento da Taça

Ora Évora fica no distrito de Évora. Pertence à Associação Distrital de Évora como tal.

O Estádio do Restelo fica em Lisboa, no Distrito de Lisboa, e conseguem adivinhar a que associação pertence certo?

Estranho é na imprensa ninguém ter reparado nisso…

12 COMENTÁRIOS

  1. Isso seria por iniciativa do clube (lusitano), que não foi o caso. Foi indeferido o uso do campo estrela pela FPF.

    O jogo não é realizado em Évora por muita pena minha, mesmo nao sendo nem lusitano e muito menos porto. Em Évora iria ver, fora nem pensar e muito menos se não for no Alentejo.

      • No Alentejo não. O mais parecido era o do campomaiorense em Campo Maior, distrito de Portalegre mas tb tinha de se investir.

        Em beja não havia nada, em setúbal o Vitória pediu 30.000€ + pagamento dos stewarts. O belenenses pediu um terço e oferece os stewarts.

        O problema nem foi o Porto, as objeções que pôs eram facilmente resolvíveis, a federação melhorava o relvado do campo estrela, mas como é classificado um jogo de alto risco (segundo as regras do IPDJ os jogos com os 3 grandes são sempre considerados de alto risco) o problema eram por torniquetes e mais bancadas, além de outras coisas que sairiam muito caro. Como a câmara de Évora não dá dinheiro aos clubes (endividada até ao pescoço já ela está) não se pode fazer o mesmo que em Oleiros em que a câmara como o estádio é municipal faz tudo.

        Quem perde? A festa da taça, os Eborenses e Alentejanos que iriam ao jogo se fosse em Évora e que não vão a Lisboa. Quem ganha? O Lusitano. Apesar de tudo consegue ficar com mais dinheiro…

        • Sr. polik, o seu “propalado”, conhecimento especulativo, está recheado de ignorancia. Sabe quanto a FPF gastou em Evora aquando da preparação da selecçao durante uma semana naquela cidade? Sabia que em Beja existe o Complexo desportivo Fernando Mamede, com relvado natural e pista de tartan? Sabe existem 4 (Quatro) campos de futebol com relva sintetica para treinos e jogos das camadas jovens. Sabe que todo o complexo é contiguo a 1 unidade hoteleira de 4 estrelas. Talvez os Snrs da federação o possam elucidar melhor, porque gastaram milhões em Èvora.

          • Eu não especulei nada, disse apenas aquilo que tive conhecimento de pessoas do clube. E sabe o estado em que está o campo da silveirinha? O Lusitano abandonou esse complexo… O que se gastou nesse complexo está quase perdido…^
            Quanto a Beja a questão não é o campo em si, porque se fosse para investir naquilo que é necessário para um campo abarcar um jogo de alto risco investia-se em Évora no próprio campo. Daí eu dizer que o mais próximo das condições era o do campomaiorense pois tem algumas das condições para esses jogos. Assim tiveram de partir para estádios já com as condições que referi que são iluminação para transmissões TV, torniquetes, vedados, cadeiras numeradas para todos, etc…

          • Como já tinha dito o problema não é o relvado, mas todas as regras do IPDJ que tem de cumprir por ser considerado um jogo de alto risco..

            Volto a repetir, que apesar de aberrante nos casos da taça todos os jogos dos 3 grandes são considerados de alto risco pelo IPDJ..^

            Dou-lhe um exemplo o Vitoria de Guimarães vai jogar à Vidigueira e como não é considerado um jogo de alto risco vai-se realizar lá…

  2. Mas o Evora nao e achado nem devido para o caso???? O Evora de certeza que tera ou tem uma palavra a dizer? Ou então vai levar com um mala de dinheiro, ou as receitas do jogo para se calar. Pode ser que levem a vitória o porto nao se da muito bem no belenenses.

    • O Évora?… Que e isso?… É Lusitano (de Évora) um histórico do nosso futebol !
      (Isto diz um gajo de perto de Aveiro, que viveu 20 no Porto e há 30 na Maia)

Deixar uma resposta