Mas quando tira um coelho da cartola Montero é um jogador espectacular. Uma paragem perfeita de uma bola longa com um pé, e um remate certeiro de longe com o outro. Um remate ameaçado a trinta metros que se converte num drible que o coloca cara a cara com o guarda redes. Que desfaqueia com sucesso como é evidente.

E uma alegria sempre a jogar. O sorriso fácil, a jogada bonita, e claro, o golo.

Foi isto que escrevi em 2016 aquando da saída de Montero (texto completo aqui), e claramente ainda grande parte disto faz sentido.

Não acredito que Montero tenha passado a ser uma carraça atrás dos adversários. Não acredito que irá trabalhar por 2. Mas quando saiu estávamos a reduzir um plantel porque estávamos apenas numa frente. Hoje estamos em 4 e a precisar de jogadores com classe, nível, e que possam fazer a diferença já.

E todos sabemos que o melhor Montero faz sempre a diferença. E não anda a perder qualidades, mesmo na Major League Soccer este ano fez 14 golos e muitas assistências.

Uma contratação lógica, ainda que improvável, num pedido de um treinador que treinou Montero no Sporting, e onde ainda encontrará muitos colegas.

Mas mais que a lógica é o lado romântico que fica emocionado com este regresso. E Montero sabe que será para sempre um dos nossos, e com a nossa camisola vestida ainda melhor!

E claro, ler isto aquece a Alma:

Deixar uma resposta