Abel

Tem um treinador que, já o disse, é um exemplo e uma referência. Alguém que não dá desculpas, que olha para dentro e valoriza os jogadores que tem.

Esta fase foi proferida hoje por Abel, treinador do Braga. E sejamos honestos, existem três tipos de pessoas que poderiam ter dito esta frase. Um familiar directo de Rui Vitória. Um comediante nonsense. E um mentiroso compulsivo.

Tendo em conta a quantidade de vezes que vemos o Sonso Rui a criticar arbitragens, dirigentes e tudo o que mexe, mas sempre de forma a que os jornalistas o continuem a proteger e a fazer de santo, isto é tudo menos realista.

Mas também sabemos que amanhã o Braga dificilmente irá fazer os possíveis para ganhar. Quando vários dirigentes do Braga, a começar no presidente e vice-presidente, são contratados regularmente para obras no Seixal, está tudo dito.

Tenho pena é das gentes de Braga. Agora que se vê realmente algum apoio ao seu clube, e deixaram em parte de ser os Lampiões do Norte, terem uma direcção e treinadores que tão facilmente trocam a vitória, e a possibilidade de passar o Benfica no terceiro lugar, por uns trocos.

Deixam de ser os Lampiões do Norte, para ser como se diz na gíria, a prostituta do Benfica. Mereciam melhor. E esperava mais de Abel, um bom jogador que jogou no Sporting, e um promissor treinador que resolveu sair para ganhar mais dinheiro.

Já agora para evitar uma versão a circular de que o Braga até ganha mais que nós ao Benfica, escolhendo apenas jogos em casa e recuando 20 anos, contando com competições que pouco interessam, fica aqui o histórico dos últimos 10 jogos entre Benfica e Braga.

E lembrar que aquela vitória por 2-1 foi conseguida por Sérgio Conceição, treinador que gerou conflitos com António Salvador e saiu ao fim da temporada. Perguntem-se que tipo de conflitos…

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta