Hoje foi detido Paulo Pereira Cristóvão. Acusado de ser o mentor de uma rede de crime que invadia casas, furtava, roubava, sequestrava e agredia. Logo surgiu em toda a comunicação social a notícia: Ex-Dirigente do Sporting detido.

Até aqui nada de estranho, caso fosse esse o facto que o tornou conhecido da generalidade dos Portugueses. Ou que fosse o relevante para os crimes por si cometidos.

No entanto o senhor Paulo Pereira Cristóvão tornou-se conhecido como inspector da Polícia Judiciária. Cargo que ocupou durante 16 anos, contra os 16 meses onde foi dirigente Sportinguista.

Eu sei que a maioria dos Inspectores da PJ não são figuras conhecidas do grande público. Mas este caso é diferente, pois foi ele que liderou um caso altamente mediatizado. Na sequência desse caso acabou por sair da PJ e ingressou numa vida altamente mediática, onde chegou a ser comentador dos mais vistos programas da manhã televisiva.

Porque raio é que este senhor, agora detido, é sempre referido primariamente como dirigente Sportinguista? Serei um maluquinho da teoria da conspiração para ficar chateado com estas coisas?

1 COMENTÁRIO

  1. Porquê, não sei. Tal como não sei se és ou não maluquinho. Mas sei que me considero uma pessoa atenta à actualidade e no entanto não relaciono o PPC como líder de investigação de uma caso mediático (será o da Maddie?) nem tão pouco sei em que programa da manhã televisiva ele foi comentador (o do Goucha?). Vou mesmo mais longe, só soube que ele tinha sido inspector da PJ quando ingressou como vice do Sporting e só estou a saber agora que ele foi comentador num programa da manhã.

Deixar uma resposta