Há uns meses tínhamos um enorme problema no centro da nossa defesa. Dediquei na altura um texto ao assunto com o nome “A questão central”. Muitas dúvidas me assolavam na altura sobre o futuro do eixo da nossa defesa. E hoje volto a ter de novo muitas dúvidas, mas ao contrário de anteriormente pela positiva. Se antes tinha pouca confiança no que se apresentava em cada jogo em Alvalade, neste momento tenho muito gosto nos três centrais que têm jogado.

Entretanto saiu Maurício, Tobias agarrou o lugar de forma exemplar. Depois Tobias foi expulso frente ao Penafiel, e Ewerthon conseguiu entrar bem e ganhar espaço. Agora é Paulo Oliveira que vai falhar um jogo por castigo, e começa a surgir novo problema. Quando estiverem os três disponíveis quais serão os nossos centrais?

Paulo Oliveira e Tobias são muito jovens, com um potencial tremendo. Ewerthon tem mais experiencia.

Paulo Oliveira e Ewerthon são muito serenos, tanto na abordagem aos lances, como na saída de bola simples e sem complicar. Já Tobias Figueiredo aborda cada lance como se fosse a vida depender dele. Não desiste de nenhum lance, nem hesita em tentar agir. E alia a isso uma capacidade técnica superior que lhe permite sair com a bola jogável, certo que com um pouco mais de risco, mas com muito mais a dar à equipa.

Três boas escolhas, com atributos variados. Quem escolheriam vocês para a vossa dupla, quando estiverem todos disponíveis?

2 COMENTÁRIOS

  1. Não há fome que não dê em fartura.
    Só discordo de algo que escreveu. Não vejo Tobias tão forte com bola, acho que Ewerton tem mais esse perfil. Tobias (por não saber ou por ter medo de falhar nesta altura) não arrisca assim tanto na saída de bola. 95% dos seus passes são para Jefferson ou Paulo Oliveira.

    • Quando refiro saída com bola é mesmo em termos de progressão com bola no pé.

      Concordo consigo em termos de passe Paulo Oliveira, e mesmo Ewerthon, têm estado superiores.

      Mas Tobias faz aquilo que Dier e Beto faziam. Quando não há grande linha de passe progridem eles com a bola.

      Contra defesas fechadas de clubes pequenos em Portugal isto pode ser muito útil.

Deixar uma resposta