Regressa agora a casa, após seis meses de empréstimo em Setúbal, Rúben Semedo. Mas continua a ser um ilustre desconhecido para muitos Sportinguistas. Muitas perguntas ficam no ar, mas podemos resumir em cinco muito do que se tem dito.

Que qualidades tem?

As maiores qualidades de Rúben Semedo são as físicas, e claro a idade. Aos 21 anos é mais alto (1.89m) que qualquer um dos seus colegas de sector no Sporting. E alia a isso uma velocidade assinalável e um bom poder de impulsão.

Não sendo um tecnicista é um com um controlo de bola e capacidade de passe aceitável ao ponto de já ter sido usado várias vezes a meio campo.

Ainda no capitulo técnico tem uma boa técnica de remate de cabeça, e uma boa técnica de corte.

Que defeitos tem?

Os maiores defeitos de Rúben estão entre as suas orelhas. Ou seja na cabeça. Já teve alguns problemas disciplinares no passado e nem sempre tem sido o melhor profissional.

Juntando a isto uma fraca capacidade de entender todos os tempos do jogo. Isto é verificado tanto ao nível da ocupação de espaços como na decisão sobre quando deve abordar um lance.

Porque saiu no inicio da época?

No inicio da época o Sporting contava com quatro centrais que davam garantias. Desde a afirmação de Paulo Oliveira, à classe de Ewerton passando pela sobriedade de Naldo e potencial de Tobias, tudo parecia bem encaminhado.

Rúben Semedo fez uma pré-época decente, mas foi inferior aos seus três colegas. O quarto, Ewerton, estava na fase final da recuperação de uma lesão, e era de esperar que assumisse a titularidade.

Um empréstimo para crescer estava bem enquadrado com o desenvolvimento de Rúben Semedo.

Porque volta agora?

Tobias Figueiredo lesionou-se com gravidade, tendo mesmo sido operado. Pelo menos dois meses fora dos relvados. E Ewerton tem vindo a provar que não está em condições físicas, e nem se sabe se algum dia voltará a estar.

De repente o Sporting viu-se com apenas dois centrais a cem por cento, o que para a quantidade de jogos que vai ter é manifestamente pouco.

Juntando a isto a excelente primeira volta que Rúben Semedo fez ao serviço do Vitória, tudo se alinha para regressar e até tentar ganhar um lugar entre os titulares.

Até onde pode chegar?

Esta é a grande pergunta. Fisicamente tem tudo para ser um jogador de selecção. Com 21 anos, para a sua posição, está ainda no início da carreira. O céu é o limite para este jovem. Se conseguir ganhar juízo, e aprender com o que o treinador lhe for pedindo.

Se ele quiser pode ser um “David Luiz” para Jorge Jesus. O potencial está lá, vamos ver se a cabeça finalmente acompanha…

PARTILHA

Deixar uma resposta