Gosto muito de ler artigos bem escritos, bem formatados, e com análises interessantes. É o caso hoje de um artigo de João V. Sousa para o Bola na Rede. Neste artigo ele analisa profundamente um caso de 1959 que levou à vitória do Benfica no campeonato. E que prejudicou directamente o Sporting.

Foi no seguimento dessa vitória que o clube de Carnide viria a entrar na Taça dos Campeões do ano seguinte, e que ganharia firmando a página mais brilhante da sua história. E como tudo que vem de Carnide começa num roubo.

Leiam que vale mesmo a pena http://www.bolanarede.pt/em-destaque/a-falta-que-tramou-o-sporting-e-cobriu-o-benfica-de-gloria/.

4 COMENTÁRIOS

  1. Nem tudo começa num roubo. Eles também conseguem fazer fraudes – basta ver que foram o único clube do mundo a possuir marinha (o Lucky Me do presidente Vale e Azevedo foi pago com dinheiro do Ovchnikov).

  2. Tudo muito lindo.

    Mas…Pode-se dizer que o título desse “texto” é totalmente sensacionalista? Desde logo o jogo em causa foi em dezembro na 11ª jornada de um total de 26. E, não menos relevante, o SLB foi campeão na 25ª jornada tendo perdido o último jogo em casa, o qual já não contava para absolutamente nada na classificação.

    E isto vale também para, por exemplo, a queda de vento do Mário Jardel contra o SLB no ano em que terminaram o jejum de títulos (2000)?

    • Nem tinha lido o artigo…mas se assim é, enfim, já nem há palavras para descrever o que estes tipos fazem para se fazerem de coitadinhos. É lamentável um clube desta dimensão se sujeitar a isto.

Deixar uma resposta